简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Na Páscoa, o melhor chocolate na rota do cacau em Ilhéus

Na Páscoa, o melhor chocolate na rota do cacau em Ilhéus

Publicado em: 09/04/2019
Por: Adilson Fonsêca


O feriadão da Páscoa sempre remete ao chocolate e aos doces tradicionais. E na Bahia, o eixo Ilhéus-Itabuna, no Sul do Estado, é o que de melhor oferece em termos de opções, não só dos chocolates nas suas mais variadas formas e sabores, mas também um pouco da história desde a chegada dos primeiros cacauicultores, ao plantio do cacau, até o manejo para o fabrico do chocolate.

Como a Páscoa é um daqueles feriados prolongados que começa na quinta e só termina no domingo, cada vez mais os destinos brasileiros investem em atrativos para dinamizar o turismo nesse período. E nada melhor que direcionar o foco para cidades onde o chocolate, juntamente com o significado religioso da Semana Santa, são atrações. Das plantações de cacau às fábricas de chocolate, curtir o feriado da Páscoa nos destinos onde a produção de chocolate virou um atrativo é uma viagem cheia de sabores e descobertas.

A Costa do Cacau, na região de Ilhéus é uma dessas rotas mais doces e saborosas do turismo brasileiro. Além de destino de sol e mar e dos atrativos que fazem parte da obra literária do escritor Jorge Amado, a região também oferece um tour pelas fazendas que produzem a matéria-prima do chocolate.

A Rota do Chocolate proporciona ao turista uma imersão na história, cultura e gastronomia do Sul da Bahia. A implantação da Estrada do Chocolate, entre Ilhéus e Uruçuca, proporciona aos turistas a experiência de conhecer o processo de produção do cacau, desde as plantações à seleção e secagem das amêndoas, até a transformação em chocolate.

A vivência passa pelas fazendas tradicionais de cacau, entre elas, Yrerê, Riachuelo, Capela Velha e Provisão; casarões históricos dos antigos coronéis que dominaram a economia e política da região; produção caseira; e fábricas de chocolates, além de degustação da iguaria. O turismo sustentável nas fazendas de cacau, com visitas guiadas, hospedagem e comida típica, tem sido uma das fontes mais rentáveis para os produtores de Ilhéus e região. Além das plantações de cacau, a região é rica em sítios históricos e atrativos naturais, como cachoeiras e áreas de preservação.

A Rota do Cacau – ou Estrada do Chocolate – contempla 26 municípios e será ambientada com pórticos e centros de atendimento ao turista. Após a Estrada do Chocolate, novos roteiros turísticos serão desenvolvidos na área, fazendo com que os visitantes tenham outros atrativos para visitar. Além das belezas naturais, a região é rica em praias, cachoeiras e prédios históricos.

Tudo começa pela BA-262 (Ilhéus-Uruçuca) e se estende pela BR-415, que liga Ilhéus a Itabuna, batizada de rodovia Jorge Amado. Dentre as atrações, está a Estação Rio do Braço, antiga sede do município de Ilhéus,, a Bio fábrica de Cacau e o Parque de Moagem, além de fazendas que produzem o chocolate gourmet. Tudo isso com uma boa culinária e ótimas conversas com os proprietários das áreas, envoltas em mata atlântica.

Como chegar a Ilhéus

Ilhéus está localizado no litoral sul do estado da Bahia na boca do Rio Cachoeira que deságua no Oceano Atlântico. Uma ponte conecta a parte do centro (norte) com os bairros do sul, como Pontal. Salvador fica 458 km ao norte e Porto Seguro fica 315 km ao sul de Ilhéus. Pela estrada: a partir do sul, você pega a BR-101 até Itabuna, de lá seguir pela BR-415 em direção a Ilhéus. Vindo de Salvador você tem 2 opções: a) com ferry-boat para Bom Despacho (na Ilha de Itaparica) e seguir pela BA-001 ou b) seguir pela BR-101.

Compartilhar: