简体中文EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol

Destinos Incríveis

Um passeio pela indescritível Camamu, a terceira maior baía do Brasil

Postado em: 11/03/2019
Por: Adilson Fonsêca

De carro, saindo de Salvador, não é muito longe, podendo tanto ir pela BR-324 e depois BR-101, como pelo ferry boat, atravessando a Baía de Todos os santos e de lá seguindo pela BA-001, passando por Nazaré e Valença. Qualquer que seja o seu roteiro, até chegar à cidade de Camamu, você vai viver a natureza.

E lá será um ponto de partida para um dos lugares mais bonitos da Bahia, curtindo o clima de litoral misturado com a Mata Atlântica, entremeado com pequenas cidades – Nilo Peçanha, Taperoá, Ituberá, Igrapiúna – manguezais e rios, lhe arremetendo a lugares paradisíacos, até porque Camamu é só o ponto de partida.

Na Baía de Camamu, a terceira maior do Brasil em volume de água (perdendo apenas para a de Todos os Santos e Baía da Guanabara, RJ), as águas fundas e calmas te levam a oito ilhas de todos os tamanhos, diversidade marinha e praias que vão dos manguezais a locais propícios para mergulho e caminhadas.São ilhas de todos os tamanhos, praias, florestas ainda muito bem preservadas, verdadeiros tesouros ecológicos, e manguezais, onde, segundo reza a lenda habitaria o famoso Curupira, ser lendário de pés virados para trás que faria visitantes e moradores perderem a orientação no mangue.

Ainda pouco explorado pelo turismo, o passeio de barco pela Baía de Camumu deve começar pela manhã bem cedinho, para que se possam contemplar o máximo de beleza da região. Além d as oito ilhas, algumas delas bem frequentada por turistas, existem vilarejos que demandam mais tempo para conhecer, mas que guardam a singularidade de recantos pouco frequentados, mas de extrema beleza, como Tanque, Cajaíba, Barcelos do Sul, Ilha das Flores, Âmbar, Ilha Pequena, Rio Maraú e a Cachoeira de Tremembé. Em todos esses lugares o fruto do mar é o cardápio e a pesca as principais fontes de renda.

A Baía de Camamu é a terceira maior baía brasileira e abriga as ilhas de Ilha Grande de Camamu, Ilha Pequena de Camamu, Ilha das Flores, Ilha de Goió, Ilha de Quiepe, Ilha da Pedra Furada, ilha de Âmbar e Ilha do Papagaio. Na pequena Ilha do Âmbar, dizem os nativos, se encontra os melhores caranguejos e mariscos da região. Ali, é possível apreciá-los na forma de moquecas, ensopados ou mesmo fervidos com limão e milho de pimenta.

A cidade

Camamu se destaca como uma espécie de joia do Baixo Sul. A cidade guarda os resquícios do tempo colonial do Brasil, mas por causa da sua localização, na entrada da Baía, é caminho para os principais passeios turísticos. É dividida em duas partes, cidade alta e baixa. E está a menos de 30 quilômetros de Itacaré e a poucos de barra Grande, Morro de São Paulo e Península de Maraú.

 

Como chegar

TRANSPORTE AÉREO

O aeroporto mais próximo está localizado em Ilhéus. O aeroporto de Ilhéus recebe voos diários das empresas TAM, GOL e AVIANCA, de Salvador e das principais capitais brasileiras.

TRANSPORTE DE BARCO

Há barcos e lanchas rápidas fazendo traslados de hora em hora entre o porto de Camamu e Barra Grande. Escunas oferecem passeios diários pelas ilhas da baía, a partir a cidade de Valença.

VIA TERRESTRE

O acesso principal a Camamu se faz pela rodovia BA-001, a partir da travessia da Baía de Todos os santos, pelo sistema fery boat, para quem sai de Salvador.. Mas pode ser feito também pela BR-324 e depois pela BR-101 até o entroncamento para a cidade de Valença, ou de Travessão, para quem vem de Ilhéus ou do Sul do País.

TRANSPORTE POR ÔNIBUS

Os ônibus que fazem a rota até Camamu vêm principalmente das cidades de Salvador e da Ilha de Itaparica (Baía de Todos os santos, em Bom despacho).

Compartilhar:

Outras
Notícias