简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Portais com detectores de metais garantem a segurança dos foliões

Portais com detectores de metais garantem a segurança dos foliões

Publicado em: 02/03/2019
Por: Adilson Fonsêca


Nunca uma revista policial foi tão bem-vinda como no carnaval de Salvador. Baianos e turistas sim, todos, in distintamente que quiser adentra nos principais circuitos da folia, seja no Campo Grande, na Barra ou mesmo no Pelourinho, acabam tendo de se submeter a uma revista eletrônica feita pela Polícia Militar nos principais acessos do carnaval.

A medida preventiva garante maior controle na segurança dos próprios foliões, contra aqueles que porventura venham a cometer excessos e resolvam ir para a folia com qualquer objeto metálico que possa se transformar em um a arma. Como a quase totalidade dos foliões estão nas ruas para se divertir, a revista policial é bem aceita e não há qualquer tipo de reclamação. Pelo contrário, é bem-vinda por todos.

Este ano, na capital, foram instalados 42 Portais de Abordagem da Secretaria da Segurança Púyblica (SSP) espalhados pelos circuitos Dodô (Barra), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho), Além dos detectores de metais, esses circuitos contam com câmeras de reconhecimento facial, que devem facilitar o reconhecimento de criminosos com mandados de prisão em aberto.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, a utilização da tecnologia dará apoio aos policiais. “Temos uma estrutura gigantesca de segurança dentro do Carnaval, e a tecnologia ajuda nesse trabalho, principalmente nos portais, que, desde 2016, vem contribuindo de forma bastante significativa na redução da violência nos circuitos”, afirmou.

O aparato tecnológico conta ainda com aproximadamente 430 câmeras, que estão sendo usadas durante a operação. Dentre elas estão uma câmera 360°, com capacidade de observar grandes espaços e aproximar a imagem em 45 vezes, ambas com alta qualidade de imagem também em ambientes com baixa luminosidade. A operação ainda vai contar com 14 drones para auxiliar o monitoramento das ações no solo.

Os principais acessos controlados por portais de abordagens ficam em locais de grande fluxo de pessoas, como na entrada do Elevador Lacerda (parte baixa, na Praça Cayru), Praça da Sé, no acesso ao Pelourinho, Ladeira do Carmo (acesso ao Pelourinho), Ladeira da Barroquinha (fundo da Praça Castro Alves), ÇLadeira da Montanhga (acesso para a Praça Castro Alves), Politeama (acesso para a Avenida Sete),Avenida Joana Angélica (acesso para a Estação da Lapa e em vários acessos para o circuito da Barra/Ondina.

Metrô – Para quem vem do interior e desembarca na Estação Rodoviária de Salvador e quer chegar ao centro do carnaval. E para quem vem de outros estados e desembarca no Aeroporto Internacional da capital, e quer utilizar o metrô para chegar ao centro da cidade, o esquema de segurança também inclui tecnologia de revista eletrônica.

A segurança no metrô também ganhou reforço para o carnaval, tanto nas estações, trens e terminais de ônibus, que contam com o Grupo de Pronta Resposta, formada por Agentes de Atendimento e Segurança treinados para atuar em eventos de grande público, além de reforço do policiamento nas áreas de acesso e entornos do sistema, com o apoio da Polícia Militar. Os usuários também terão a segurança garantida com o monitoramento eletrônico por meio de mais de 2.000 câmeras das estações, trens, passarelas de acesso e terminais de ônibus A CCR Metrô Bahia, concessionária que administra o sistema, também instalou portais de detectores de metal nos acessos às estações consideradas mais estratégicas, como Pirajá e Mussurunga.

Compartilhar: