简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > 16 sinos da secular Basílica Conceição da Praia em Salvador são reativados em Missa Solene

16 sinos da secular Basílica Conceição da Praia em Salvador são reativados em Missa Solene

Publicado em: 10/02/2021


A capital baiana ganhou mais um atrativo turístico com a reativação dos 16 sinos da Igreja da Conceição da Praia, como mostram essas imagens exclusivas do renomado fotógrafo Fred Pontes.

Ao longo de décadas os sinos do século XVIII, XIX e XX tocavam na capital baiana todos os dias. Com o passar do tempo a tradição foi rareando até o surgimento do projeto que está devolvendo o toque dos sinos nas igrejas da Bahia.

O projeto de Resgate do Toque dos Sinos nasceu em 2019 e foi idealizado pelo Secretário de Turismo da Bahia Fausto Franco. Nos próximos meses mais igrejas serão beneficiadas ampliando a atuação para interior baiano. Além das igrejas beneficiadas no Centro Histórico de Salvador a Igreja de São João Batista, em Trancoso, também foi contemplada.

A missa solene foi celebrada pelo Arcebispo Primaz do Brasil Dom Sérgio da Rocha. A Igreja da Conceição da Praia foi apadrinhada pelos empresários benfeitores Antônio Andrade Júnior, Jorge Simões e Jorge Goldenstein. Cada uma das reativações, desde 2019, contou com o apoio da iniciativa privada, em uma parceria que só trouxe a valorização da história e da rica cultura baiana, pontou o Secretário Fausto Franco na solenidade.

A Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia foi uma das primeiras igrejas de Salvador. A atual construção foi iniciada na primeira metade do século XVIII. Antes existiram outras construções, a mais antiga construída na época do Governador Geral Tomé de Souza em 1549, na região da Praia. Os 16 sinos das duas torres foram instalado a partir do século XVIII, lembra o historiador Rafael Dantas. Ao longo de séculos o toque dos sinos alertou a capital baiana em cerimônias políticas, religiosas, incêndios, falecimentos e chegadas de personagens ilustres.

Compartilhar: