简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > 6 dicas para curtir o melhor de Porto Seguro e Arraial D`Ajuda, assim que a quarentena acabar

6 dicas para curtir o melhor de Porto Seguro e Arraial D`Ajuda, assim que a quarentena acabar

Publicado em: 09/05/2020
Por: Adilson Fonsêca/Paulo Sampaio


O nosso passeio hoje é por Porto Seguro. Vamos mergulhar no berço do Brasil sem roteiros. Descobrir o que essa terra tem de tão encantador para ser hoje um dos 3 roteiros mais procurados do Brasil. Vamos curtir a terra do Descobrimento, visitando seus principais monumentos e conhecer algumas das praias mais badaladas. Munido de informações básicas e sem preocupação com roteiros, lá vamos nós.

Dica 1 – O primeiro passo é definir como quer chegar ao local. A melhor opção é pelo ar. Das principais capitais brasileiras têm voos diários para Porto Seguro. Mas se preferir ir por via rodoviária existem também empresas que fazem linhas diárias saindo de Salvador e das principais capitais do Sul e Sudeste. De carro, o acesso se faz pela BR-101 (nos dois sentidos) e no cruzamento da cidade de Eunápolis, tem de seguir pela BR-367 num percurso de 63 quilômetros.

Onde ficar é o primeiro desafio. porto Seguro possui um dos maiores parques hoteleiros do país, com opções para todos os bolsos e gostos. Os mais cômodos preferem ficar mais próximo ao aeroporto e rodoviária, bem no centro da cidade para facilitar o deslocamento a pé. Sei não… A cidade é tão bonita e possui uma orla tão vasta que convém pesquisar o que lhe parece mais atraente. Um hotel à beira mar é sempre mais convidativo e, dependendo da época do ano, não fica caro.

Dica 2 – Na mala, leve roupas leves, como bermuda e camiseta, traje oficial desse pedaço de Brasil, bonés ou chapéus e óculos escuros pois na maioria dos meses o tempo é quente e a luminosidade do dia é alta. E inicie seu tour particular.


Na cidade

Não se preocupe com o horário. Em Porto Seguro o dia sempre começa mais tarde e não tem hora para acabar. No primeiro dia, não se afobe em conhecer logo as praias, mas se estiver muito afim todas elas na orla em direção a Cabrália são boas. Uma das mais recomendadas é a da barraca Axé Moi, mas não se prenda a rótulos. Porto Seguro dispensa formalidades.

Dica 3 – Se o dia vai ser de passeio, tire parte da manhã para conhecer o Centro Histórico da cidade, que fica defronte ao aceso para o Aeroporto. Além dos monumentos do tempo do Brasil Colônia, do alto da Cidade Histórica, vai ter uma ampla visão da cidade e da Baía formada pelo rio Bunharém, e do Arraial D`Ajuda.

Reserve tempo para almoçar em um dos inúmeros restaurantes na área do centro e aproveite para visitar as lojinhas de souvenirs, especialistas em camisetas com estampas as mais diversas, algumas pintadas na hora. Os pratos regionais são de dar água na boca, apesar dos preços um tanto quanto salgados.

De volta para o hotel, se prepare para a noite. Nada de sofisticado Você vai mandar bem se optar por algos leve. As ruas fervilham e em todos os lados que olhar verá um comércio ativo, bares, restaurantes, lojas e shoppings que costumam funcionar até de madrugada. Aproveite e passei despreocupadamente pela Passarela do Álcool. O local é um misto de shopping center com zona boêmia, e fica bem na área central da cidade.

É ponto de encontro e onde ficam as principais lojas de artesanato e souvenirs, butiques, bares e restaurantes, que ganham a companhia de barracas de batidas ao entardecer. É o melhor lugar para degustar a culinária típica baiana e também delícias à base de frutos do mar.

Dica 4 – Se você é do tipo descolado, que curte algo mais intimista, seu destino no fim da noite já está traçado. No finalzinho da passarela, na travessa conhecida como “O Beco”, concentram-se alguns dos bares e restaurantes mais aconchegantes e sossegados da área. Uma boa sugestão é o Restaurante Esquina do Mundo, com um cardápio dos mais variados e a famosa moqueca de frutos do mar.

As praias

Fica difícil escolher quais as melhores, mas sugerimos que deixe a orla central da cidade apenas para passeio, quando muito, se houver tempo, parando para apreciar as praias do Litoral Norte, em direção à vizinha cidade de Santa Cruz Cabrália.

Se a estadia não for muito longa, nada melhor depois de conhecer a cidade, seus aspectos culturais e históricos, e a vida noturna do seu centro, dar um pulinho em Arraial D`Ajuda, do outro lado do rio Bunharém, a apenas cinco minutos de balsa.

Lá, praia é que não falta e para você dividir bem o seu tempo, considerando uma semana de estada nesse paraíso, reserve dois ou três dias para Porto Seguro mesmo e quatro para Arraial. A mistura estará perfeita.

Dica 5 – Não se preocupe em querer conhecer todas as praias do lugar. Nem ficando 15 dias você conheceria, portanto selecione as que já ouviu falar e tem curiosidade e mescle com umas mais nativas e pouco badaladas. Você vai se surpreender com o resultado.

As praias, como dito, são inúmeras até Trancoso e Caraíva, portanto visitar todas só será possível em mais algumas viagens. Então, escolha uma praia e vá explorá-la. Pegando a balsa, se dirija para a Praia de Mucugê, a mais famosa e também a mais perto do centro de Arraial D`Ajuda. É também uma das melhores.

Para chegar ao local basta descer a Rua do Mucugê, famosa por seus bares e restaurantes, e pronto, o mar vai se revelar com seu azul infinito à sua frente. O local tem uma oferta hoteleira, de bares e restaurantes. A praia possui faixa de areia larga e conta com muitas barracas de praia, pra todos os gostos e bolsos.

Dica 6 – Para quem gosta mais do estilo beachclub, vale passar o dia no La Plage, que tem um clima bem gostoso. Normalmente os garçons tentam atrair os visitantes ao passarem por essa praia, mas não se preocupe e escolha você onde quer ficar. Correr os olhos no cardápio e conferir preços não é nada demais. Em todo o mundo isso é super natural e evita surpresas desagradáveis no final.

Há espaços mais confortáveis, com música ambiente, como Zafferano Brasil, e outros, como a La Plage, que oferece cadeiras e espreguiçadeiras com almofadas, área para quem curte jogar vôlei ou futebol de areia e até para a prática do slackline. Mas não esqueça que tudo terá seu preço.

Como chegar

Avião

O aeroporto de Porto Seguro fica a poucos quilômetros do centro da cidade e possui conexão diária com as principais capotais brasileira.

Ônibus
Quem quer chegar a Arraial d`Ajuda de ônibus pode contar com a rodoviária de Porto Seguro, que recebe ônibus de empresas como São Geraldo/Gontijo, Águia Branca e Itapemirim.

Carro

Tanto quem vem do sul como quem vem do norte deve pegar a BR-101 até Eunápolis, e depois a BR-376 num trajeto de 63 quilômetros.

Compartilhar: