ArabicChinese (Simplified)DutchEnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Home > Destinos Incríveis > A grana tá curta? A Bahia oferece lugares lindos onde se gasta pouco

A grana tá curta? A Bahia oferece lugares lindos onde se gasta pouco

Publicado em: 30/07/2022
Por: Adilson Fonsêca


O verão tá batendo à porta e convidando para um passeio, mas a grana tá curta para curtir tantas belezas que a estação mais aguardada do ano oferece. Se esse for o seu problema, a Bahia, com suas 13 Zonas Turísticas, oferece inúmeras opções de divertimento, sem que seja preciso gastar tantos. Algumas delas estão próximas a Salvador, naquela tradicional viagem “bate e volta”, e oferece lugares imperdíveis que não devem deixar de ser visitados nas suas férias ou na temporada de verão.

Se você quer economizar, e ao mesmo tempo aproveitar o imenso potencial turístico que a Bahia oferece, aproveite o que ela tem de melhor e trace o seu roteiro de viagem sem muitos gastos. A poucos minutos do centro da capital, em uma viagem de barco pela Baía de Todos os Santos, você pode curtir a belíssima e premiada internacionalmente Praia de Nossa Senhora de Guadalupe, na Ilha dos Frades. Ali o Selo Azul garante praias de água mansa, morna e tranquila, sem os entraves da poluição urbana. E ainda, na volta, curtir o belo pôr do sol, vendo os contrafortes que delineiam os contornos de uma Salvador histórica lado a lado com a sua modernidade.

Mas se quiser esticar um pouco mais, atravesse a Baía de Todos os Santos de ferry boat (leva 45 minutos a travessia) e lá, no Terminal de Bom Despacho escolha um roteiro: Itacaré, Valença/Guaibim/Morro de São Paulo, ou a Península de Maraú, onde a Praia de Barra Grande desponta como a “Polinésia Brasileira”. Todos os lugares são servidos por linhas regulares de ônibus e conexões com barcos e lanchas para os respectivos destinos. Nessas localidades há uma grande concentração de pousadas, restaurantes, bares e lojinhas de souvernirs.

De um mar agitado, próprio para surf e esportes radicais, passeios por rios e visitas a cachoeiras, a região que vai de Valença até Itacaré é cercada por exuberantes Mata Atlântica, manguezais e praias paradisíacas. Algumas têm o mar mais tranquilo e com pouquíssimas ondas, como em Morro de São Paulo, Barra Grande e Guaibim. Outras, como Itacaré e Serra Grande, oferecem opções para esportes radicais. Paisagens com muitos coqueiros e Mata Atlântica, uma excelente infraestrutura fazem de Barra Grande, Itacaré e Morro de São Paulo, destinos preferidos de quem visita a Bahia.

Perto de tudo

Mas se você é daqueles que não quer perder as comodidades urbanas, e ao mesmo tempo não gastar tanto dinheiro, durante sua viagem, a Ilha de Itaparica é uma boa opção. De lá não dá nem mesmo para perder Salvador de vista, que fica logo defronte, separado por pouco mais de 14 quilômetros pelo mar da Baía de Todos os Santos. Praia de Mar Grande, a mais badalada e bem próxima do Terminal de Bom Despacho, onde atracam os navios ferries e o sistema de lanchas rápidas e catamarãs. Ou um pouco mais adentro na ilha, as Praias de Cacha Pregos, Berlinque. Dá para fazer o tradicional “Bate e Volta”.

Numa vertente oposta, do outro lado, pela BR-324, em menos de uma hora de viagem se chega a belíssima Praia de Cabuçu. Ela fica no lado Leste extremo da Baía de Todos os Santos, já próxima à foz do Rio Paraguaçu. O passeio deve ser feito bem cedo, para aproveitar o trânsito mais leve na BR-324 e chegar em Santo Amaro a tempo de tomar um café bem rústico e tradicional no Mercado Municipal da cidade.

Na viagem até Cabuçu, passa-se por localidades como Saubara e Acupe. Com belas praias, mornas e de águas mansas, vislumbra-se um dos paraísos na parte mais interior da Baía de Todos os Santos, tendo Salvador como vista ao fundo. Bares e restaurantes típicos oferecem comodidades, onde o forte são os pratos à base de frutos do mar, colhidos ali mesmo na região, entre o mar, o rio e um farto manguezal. E tudo com a facilidade de poder voltar a tempo para encerrar o dia com uma boa curtida no Rio Vermelho ou no Centro Histórico de Salvador.

Compartilhar: