简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Agora é folia até quarta-feira de cinzas

Agora é folia até quarta-feira de cinzas

Publicado em: 20/02/2020
Por: Adilson Fonseca


O aquecimento começou uma semana antes, com o Furdunço e o Fuzuê, mas a partir de agora, e até a quarta de cinzas, dia 26, com o arrastão, Salvador pulsa em quase um ritmo só: o do Carnaval. E nessa pulsação, os ritmos variam do Axé, do Pagode, do Arrocha, do Samba, Frevo, Sofrência (e sua equivalência a Chorência) e até mesmo o rock.

A cidade deve receber quase um milhão de turistas de toda parte do Brasil e de vários países, além de baianos do interior do Estado, o que fará um caldeirão de festas nos circuitos carnavalesco do Campo Grande/Avenida, Barra/Ondina, e do Centro Histórico. Isso sem contar nas extensões do Rio Vermelho, Amaralina, Garcia e em vários bairros da periferia. São expressões de alegria nas mais variadas formas, com espaços para adultos e crianças, com misturas de novos ritmos com velhas marchinhas.

Vai ser um final de semana dobrado, que se transforma em uma semana de festas nas ruas. Por isso mesmo se programe, não só para aproveitar as principais atrações nos mais diversos locais e horários, como também dos cuidados com a saúde, desde a alimentação balanceada, à hidratação, a segurança e o deslocamento nos meios de transportes. A festa é para brincar e deixar saudades quando terminar, não só para os turistas, mas também para os próprios baianos.

O Carnaval de Salvador é considerado por muitos a maior festa a céu aberto do Planeta. Este ano serão mais de 200 atrações somente  para o folião pipoca, que é aquele que não precisa estar em um bloco com trio. Além dos circuitos tradicionais, a festa acontece também em 10 bairros da c idade. O tema da festa é “O Carnaval dos Carnavais”. Por isso se prepare para pular e dançar nas mais de cinco mil horas de música, com cerca de 700 apresentações nos circuitos oficias.
A festa – Além dos sete circuitos oficiais do Carnaval – Dodô, Osmar, Batatinha, Sérgio Bezerro, Orlando Tapajós, Mestre Bimba e Riachão –, a cidade fará a festa também em mais 10 bairros – Periperi, Cajazeiras, Itapuã, Plataforma, Pau da Lima, Liberdade, Centro Histórico, Piatã, Boca do Rio e Rio Vermelho. Oficialmente, a folia começa no dia 20 e segue até o dia 25.
Barra/Ondina (Circuito Dodô) – Durante os dias da folia, no Circuito Barra-Ondina, ainda tocam Alinne Rosa, na terça; Àttooxxá, no domingo; Lincoln e Duas Medidas, na sexta e no domingo; Parangolé, na sexta; É o Tchan, na terça; Margareth Menezes, na sexta; Igor Kannário e La Fúria, também na sexta; Psirico, no sábado e no domingo; Larissa Luz, na terça; Gerônimo, na segunda; Tuca Fernandes, na terça; O Poeta, no sábado; Ricardo Chaves, na terça; Danniel Vieira, no domingo; e o Bloco da Preta, na sexta. E tem mais! Na Barra, a Torre Eletrônica garante a festa com DJs após a saída do último trio durante todo o Carnaval.
Campo Grande/Avenida (Circuito Osmar) – De sábado até a terça-feira de Carnaval, a Prefeitura leva dezenas de trios para o folião pipoca do circuito Osmar (Campo Grande). Entre os nomes de destaque estão: Saulo, no sábado; Denny Denan, no domingo; Lá Fúria, na segunda e terça; Cláudia Leite, na segunda; Igor Kannário, também na segunda; O Poeta, no domingo e na terça; Mudei de Nome, no domingo e na terça; Rafa e Pipo Marques, na terça; Gerônimo, no sábado; Carla Perez, no sábado e no domingo; e Jau, na terça. Um trio vem para chamar a atenção no Circuito Osmar: a cantora Nêssa faz apresentação inédita com Pablo Vittar, no domingo de folia.
Diversidade – O Carnaval de Salvador prima por ser uma festa para todos os gostos. Do dia 21 ao dia 25, acontece, na Rua Dias D’Ávila, o Beco das Cores, que receberá 25 atrações de música eletrônica. O Palco Multicultural volta a acontecer no Carnaval, mas agora em novo endereço – na Praça das Artes, no Centro Histórico.
Este ano também tem novidades: o Palco Origens, no Espaço Cultural da Barroquinha,  que pretende levar a cena independente e alternativa da cidade para o Carnaval, reunindo manifestações balizadas na estética negra e uma sonoridade que passeia pela black music e suas vertentes como o afro, afro pop, rap, reggae, r&b, funk, pagode eletrônico, entre outros.
Pôr do Sol da Castro Alves – A partir do sábado (22), às 17h, a Praça Castro Alves recebe o Pôr do Sol da Castro Alves, onde um trio faz show parado no local. O público vai contar com as apresentações de Moraes Moreira e Davi Moraes. No domingo, será a vez de Baby do Brasil e Paulinho Boca. E na segunda-feira, do Trio Armandinho Dodô e Osmar, com os Irmãos Macêdo.
Palco do Rock – O Palco do Rock, em Piatã, tem a ideia de é reunir o público que deseja se divertir no carnaval, mas não curte os ritmos de presentes nos Circuitos tradicionais. O Festival Palco Rock 2020 promete atrair novamente um grande público da região e turistas, sendo realizado entre 22 e 25 de fevereiro.
Carnaval no Rio Vermelho – O Espaço Mix, no Rio Vermelho, tem diversas atrações que trazem uma mistura de ritmos, com palco versátil, visando agradar todas as tribos, combinando com o clima boêmio. Vale lembrar que o Rio Vermelho recebe também o Carnaval Infantil dos dias 23 a 25, sempre a partir das 10h.

Responder
Encaminhar

Compartilhar: