简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Shows e Diversão > Alexandre Pires traz Baile Nêgo Véio para a Concha Acustica

Alexandre Pires traz Baile Nêgo Véio para a Concha Acustica

Publicado em: 13/08/2019
Por: Antonio Diniz


Alexandre Pires relembra sucessos em “Baile do Nêgo Véio”, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA), em um show com três horas de duração, prometendo mexer com a memória afetiva do público ao trazer hits dos anos 1990 que passam pelo axé, pagode, samba, sertanejo e funk.
O novo trabalho, gravado no Rio de Janeiro, traz o nome do show que o cantor tem levado para todo o Brasil, em que passeia não só pelos grandes sucessos do Só Pra Contrariar, mas também por outros sucessos do samba, axé, pagode e sertanejo. A direção é assinada pelo próprio Alexandre, com produção musical de Pedro Ferreira.

Quem abre o álbum é “Eu Menti”, seguida de “Eu e Ela”, ambas do Grupo Raça. Depois é a vez de “Você Vai Voltar Pra Mim”, do SPC. O antigo grupo de Alexandre também é relembrado com os sucessos “Que Se Chama Amor”, “Primeiro Amor”, “Quem Dera” e “Essa Tal Liberdade”.
O axé é representado por “Araketu É Bom Demais”, “Liberar Geral”, “Vem Neném”, “É o Tchan”, “Milla” e “Eva”. Alexandre também relembra o funk pop de Claudinho & Buchecha com “Quero Te Encontrar” e “Só Love”.

Ainda marcam presença no repertório os clássicos populares “Morango do Nordeste”, “Agamamou” e “Bombocado”, essas duas últimas famosas pelo Art Popular. O pagode é representado pelos hits “Me Apaixonei pela Pessoa Errada”, “Telegrama” e “Beijo Geladinho”. No repertório sertanejo, Alexandre escolheu “Adoro Amar Você”, “Você Vai Ver”, “Não Aprendi a Dizer Adeus” e “Evidências”.
“Estávamos trabalhando a turnê internacional e muitas pessoas aqui no Brasil pediam nosso show, então resolvemos fazer um baile com os grandes hits 90, que foi uma época recheada de sucessos. Começamos a turnê em abril deste ano e agora resolvemos lançar um registro do que é essa festa. Todas as faixas foram escolhidas com muito carinho e dedicação, pois foram músicas muito marcantes na época e que empolgam o público até hoje”, resume Alexandre.

Ingressos
Arquibancada: R$ 100,00 (inteira) e R$ 50.00 (meia)
Camarote: R$ 200.00 (inteira) e R$ 100.00 (meia)

Compartilhar: