简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Gastronomia > Férias combinam, sim, com uma boa alimentação

Férias combinam, sim, com uma boa alimentação

Publicado em: 02/08/2019
Por: Fonte - Férias Brasil


Viajar é sinônimo de comer, afinal, uma cultura se faz presente também através de sua cozinha. Mas para poder curtir as experiencias gastronômicas sem se sentir mal durante a viagem ou sofrer com a balança na volta para casa, seguir algumas dicas são essenciais, afinal, sempre vamos sair da rotina quando estamos de férias!

Se pese

Antes de viajar, suba na balança. Na volta, faço o mesmo. Caso tenha engordado, comece uma dieta imediatamente. Deixar para depois vai ser sempre pior e ainda se corre o risco de chegar nas próximas férias com os pesos extras.

Não exagere

Claro que ninguém merece fazer dieta durante uma viagem. Mas abusar só porque está de férias, não é necessário! Sem contar o risco de passar mal. Foque no bom senso em todas as refeições e na hora de petiscar.

Faça caminhadas

City tour? Que nada! A melhor maneira de conhecer uma cidade – e de queimar as calorias do café da manhã caprichado – é caminhando, perdendo-se em meio a ruas, avenidas e vielas. Nada de preguiça!

Evite beliscar

Dê preferência às refeições como café da manhã, almoço e jantar. Claro que um lanchinho, um chopp ou um sorvete fazem parte do programa, mas evite andar sempre com a bolsa cheia de guloseimas.

Aposte nos pratos típicos

Além de ser uma ótima maneira de conhecer melhor o local para onde estamos viajando, apreciar a comida típica pode ajudar a “maneirar”, uma vez que o uso de ingredientes diferentes para o nosso paladar nos faz ir com calma na degustação. Fuja dos fast foods sempre que possível.

Cuidado com o café da manhã de hotel

Caso as opções sejam fartas e imperdíveis, faça do café a refeição principal, pegando leve no almoço e no jantar. E se o café não oferecer nada de realmente diferente do que se está acostumado, aprecie com moderação para caprichar no almoço ou jantar.

Seja educado no all-inclusive

Em cruzeiros e hotéis all-inclusive, todos querem aproveitar ao máximo, da piscina ao open bar, além do buffet que oferece de “um tudo”. Mas para evitar mal estar ou ressaca, tenha um mínimo de controle e selecione os itens que realmente valem a pena petiscar junto com os drinks. Precisa mesmo comer batata frita toda hora? Ou experimentar todos os coquetéis feitos com leite condensado?

Também no almoço e no jantar, opte pelos pratos diferentes do seu dia a dia (evite misturar tudo e sempre tenha espaço para as saladas). Moderação é sinônimo de curtir todos os momentos e não perder um dia ou parte dele trancado na cabine ou no quarto.

Compartilhar: