简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Serviços / Emergência > Saúde com plantões reforçados para o bem do folião

Saúde com plantões reforçados para o bem do folião

Publicado em: 27/02/2019
Por: Adilson Fonsêca


Com hospitais em plantões reforçados e ações de prevenção a infecções sexualmente transmissíveis no carnaval, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) investirá cerca de R$ 2,5 milhões em ações relacionadas ao carnaval de 2019. Haverá o reforço nos plantões em hospitais da capital e do interior, a instalação de três unidades de saúde nos circuitos de Salvador e Porto Seguro para a realização de testes rápidos que detectam HIV, sífilis e hepatites B e C, bem como a distribuição de preservativos, além de campanhas educativas que visam a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis e a doação de sangue.
Como o carnaval em Salvador é o que demanda maior atenção os hospitais Geral do Estado (HGE), Roberto Santos (HGRS), Ernesto Simões (HGES) e Subúrbio (HS) estarão prontos para receber, se necessário, ocorrências de maior gravidade. Ainda em Salvador, o Hospital Eládio Lasserre e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Pirajá, Curuzu e Cajazeiras serão monitoradas por profissionais da Sesab, a fim de verificar o funcionamento e possíveis necessidades de transferência de pacientes para unidades de maior complexidade.

No interior, os hospitais estaduais em Camaçari, Lauro de Freitas e Porto Seguro também terão escalas diferenciadas. Equipes da Sesab também farão inspeções diárias nas unidades de saúde com o objetivo de verificar, entre outros itens, a necessidade de substituição ou suplementação de material.

 

 

 

 

Prevenção – O carnaval sempre reforça a preocupação das autoridades de saúde com o aumento das doenças sexualmente transmissíveis. Nesse sentido a Sesab montou uma estrutura que vai permitir a realização de testes rápidos para detecção de HIV, sífilis e hepatites em dois postos instalados na capital, sendo um na Avenida Centenário, na Barra, e outro na Avenida Adhemar de Barros, em Ondina. O funcionamento dos postos será até o último dia de carnaval, iniciando sempre às 16 horas.

Além dos testes, serão distribuídos preservativos masculinos e femininos e material informativo sobre infecções sexualmente transmissíveis. Também há um posto de testagem em Porto Seguro, instalado na Passarela do Descobrimento. Junto com os testes, os profissionais de saúde farão o aconselhamento e encaminhamento para tratamento no caso de testes positivos. A equipe que atuará nessa ação é formada por assistente social, enfermeiras, farmacêuticos, psicólogos, médicos, biomédicos, sanitaristas, motoristas e assistente administrativo, totalizando 60 profissionais.

Os foliões que residem em Salvador e apresentem resultado de exame reagente (positivo) para HIV ou hepatites, já sairão do posto de testagem com uma consulta agendada nos serviços especializados e garantia do início do tratamento. Os que residem em outras localidades serão orientados a procurar os serviços de atenção básica ou atenção especializada em seus respectivos municípios/estados. Com relação ao acompanhamento para tratamento de sífilis, todos serão orientados a procurar a rede básica de saúde de seu município.

No ano passado, durante os dias da festa foram feitos 5.914 testes, e distribuídos cerca de 2 milhões de preservativos. Esse ano, a expectativa é distribuir cerca de 4 milhões de preservativos, sendo 100 mil femininos.

Compartilhar: