简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Shows e Diversão > Show no TCA vai reunir MPB4, Toquinho e Ivan Lins em setembro

Show no TCA vai reunir MPB4, Toquinho e Ivan Lins em setembro

Publicado em: 23/07/2019
Por: Antonio Diniz


Três dos grandes nomes da música brasileira de todos os tempos, Toquinho, Ivan Lins e o grupo MPB4 comemoram 50 anos de carreira com um show na Sala Principal do Teatro Castro Alves, no dia 15 de setembro, às 20h. O espetáculo “50 anos de música” tem partes em que os músicos se apresentam juntos, em “duplas” ou sozinhos.
O repertório tem composições como “Apesar de você”, “Tarde em Itapuã”, “O pato”, “A casa”, “O caderno”, “Amor em paz”, “Sou eu” e “Deixa eu dizer”. Toquinho interpreta sucessos como “Aquarela”, “Samba de Orly”, “Como dizia o poeta” e “Bachianinha nº 1”. Ivan Lins interpreta canções como “Dinorah”, “Começar de novo”, “Depende de nós”, “Abre alas” e Madalena”. O MPB4 interpreta músicas como “Amigo é pra essas coisas”, “Roda viva”, “Yolanda”, “Cálice”.
Toquinho completou cinco décadas de trajetória em 2016. Compositor e intérprete, o músico paulistano compôs 450 músicas, 120 delas ao lado de Vinícius de Moraes, principal parceiro. Conhecido por unir técnicas do erudito à música popular, Toquinho assina sucessos como “Aquarela”, “Tarde em Itapuã”, “Onde anda você”, “Ao que vai chegar (Voa, coração)”, “Carta ao Tom 74”, “Regra três” e “Samba da volta”, entre outros.
Um dos artistas brasileiros mais gravados no exterior, Ivan Lins tem uma trajetória que inclui três prêmios Grammy Latino. Com sua mistura de samba, jazz e soul, ele já gravou 35 discos e compôs cerca de 400 canções. Entre os admiradores e intérpretes das músicas de Lins, estão Quincy Jones, Ella Fitzgerad, Sarah Vaughan, Jane Monheit, Sting e Barbra Streisand. O primeiro sucesso dele foi “Madalena”, na voz de Elis Regina.
Um dos mais importantes grupos vocais de sua geração, o MPB4 ganhou espaço no cenário musical com interpretações direcionadas aos movimentos culturais e políticos, a partir da década de 1960. Composto por Dalmo Medeiros (voz e percussão), Milton Santos Filho (voz e violão), Aquiles Rique Reis (voz e percussão) e Paulo Malaguti (voz, teclado e percussão), o grupo tem prestígio em países como Portugal, Argentina, Uruguai, Cuba, Itália e Estados Unidos.

INGRESSOS: 
R$ 240.00 (inteira) e R$ 120.00 (meia), das filas A a P
R$ 180.00 (inteira) e R$ 90.00 (meia), das filas Q a Z6
R$ 120.00 (inteira) e R$ 60.00(meia), das filas Z7 a Z11

Compartilhar: