简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Turismo em Salvador segue à risca as regras de segurança sanitária

Turismo em Salvador segue à risca as regras de segurança sanitária

Publicado em: 10/02/2021
Por: Adilson Fonsêca


Andando pelas ruas do Centro Histórico de Salvador, entre a Praça Municipal e o Largo do Pelourinho, é possível ver que todos que por alí circulam, fazem uso da máscara. Em cada um dos estabelecimentos da região, sé é permitida a entrada de pessoas depois que elas higienizam as mães com álcool gel, mantendo um distanciamento social regulamentado por lei, de forma que, mesmo com as restrições, seja possível apreciar as belezas do local, suas manifestações culturais e sua gastronomia.

Seja em Salvador, no seu Centro Histórico ou nas suas praias. Seja em Porto Seguro, Itacaré ou Ilhéus, com suas belas e intermináveis praias. Ou sejam nos recantos pitorescos e naturais da Chapada Diamantina, o turismo continua a ser uma atividade prazerosa, de enriquecimento cultural, histórico e etnológico. E a Bahia oferece o que existe de melhor nas suas 13 regiões turísticas. Do litoral ao interior, passando por ecossistemas diferentes, o estado é rico em diversidade ambiental, cultural e histórica, mas dentro de um esmo espaço geográfico, onde se in serem 1.100 quilômetros de litoral (o maior do Brasil), o maior rio genuinamente brasileiro (o Velho Chico), e a convivência com um clima tipicamente tropical, com um ar de montanha no seu interior.

Mas os tempos são outros. A pandemia do Coronavírus mudou o jeito de baianos e turistas se relacionarem ente si. Não houve alterações das belezas naturais de uma cidade que é considerada uma das mais bonittas do Brasil e, por isso mesmo, um dos principais destinos do turismo nacional e mesmo mundial. Não houve também mudanças nos conteúdos de manifestações culturais e religiosas. E muito menos na sua gastronomia diversificada e única no Brasil. Mudaram, apenas as formas de se expressar, agora feitas dentro das regras de segurança sanitárias.

Destino preferível – Em todas as pesquisas feitas pelo Ministério do Turismo, ou por agências especializadas, Salvador e a Bahia como um todo, sempre estão entre os principais destinos do turismo no Brasil. Destinos como Salvador (e incluindo a Baía de Todos os Santos), Itacaré, Praia do Forte, Morro de São Paulo e Porto Seguro, aparecem entre as localidades em destaques. Nesses locais, as estruturas de segurança sanitárias foram implantadas, não só em estabelecimentos hoteleiros e do trading turístico, mas pelas próprias administrações municipais.

Numa outra pesquisa, do Ministério do Turismo, no final do ano passado, Salvador segue na liderança como destino nacional a se visitar no período pós-pandemia, conforme a Pesquisa de Sondagem Turística no Brasil, em parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), através do Prodetur Salvador, e o Instituto de Pesquisa Qualitest.

E no exterior, publicações de grandes veículos de comunicação, como o jornal New York Time, um ados maiores dos Estados Unidos, que pela segunda vez em menos de um ano, destaca o papel de Salvador no turismo no Brasil. Segundo avaliação do The New York Times, Salvador aparece como o principal destino turístico no Brasil e um dos principais do mundo, dentre uma relação com os 52 lugares indicados para visitação em todo o mundo. Na ocasião, a publicação listou Salvador (único destino no Brasil) como um dos preferidos.

Compartilhar: