简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Serviços / Emergência > Uso de marquises como camarotes traz sério risco aos foliões

Uso de marquises como camarotes traz sério risco aos foliões

Publicado em: 25/02/2019


Para que os foliões possam curtir todos os dias de festa no Carnaval sem transtornos, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) realiza ações de prevenção junto aos proprietários de imóveis dos circuitos oficiais do Carnaval. A operação, que tem como principal foco a região do Campo Grande e a Avenida Sete de Setembro, busca alertar quanto à proibição do uso de marquises como camarotes.

Além de marquises, sacadas, deques suspensos e até mesmo algumas varandas podem virar armadilhas quando utilizadas de forma incorreta e transformar o folião em uma vítima, caso sejam utilizados como camarotes improvisados. Isso porque as estruturas não foram projetadas para receber excesso de peso. A medida é proibida por lei para evitar acidentes e garantir mais segurança ao público.

Para prevenir o uso incorreto dos espaços durante o Carnaval, os fiscais da Sedur estarão atuando em plantão de 24 horas. Caso seja identificada alguma irregularidade, o proprietário do imóvel será multado e pode ter o espaço interditado.

“Para garantir que o Carnaval de Salvador seja um sucesso, nossas equipes começaram a atuar desde o início de janeiro e todos os proprietários já foram notificados. Nos dias da festa, nossas equipes estarão fiscalizando todos os circuitos para garantir o cumprimento da legislação e evitar qualquer risco à segurança dos foliões”, explica o coordenador de fiscalização da Sedur, Everaldo Freitas.

Proteção civil – A Defesa Civil de Salvador (Codesal) também realizou nesta semana inspeções nos circuitos da festa já em função do período carnavalesco. Também com o objetivo de garantir a tranquilidade do folião, a Codesal monitorou situações como a necessidade de reparo da infraestrutura urbana dos circuitos como condições das calçadas, postes, fiações, sarjetas e qualquer outra situação que possa colocar a vida dos foliões em risco.

Durante o período do Carnaval, equipes da Codesal estarão de prontidão nos circuitos para auxiliar em qualquer eventualidade, além de realizarem vistorias e manutenções diárias. O número de telefone do órgão é o 199.

Compartilhar: