简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Fuja do tradicional e descubra os atrativos da Cidade Baixa

Fuja do tradicional e descubra os atrativos da Cidade Baixa

Publicado em: 25/07/2020


Pode ser até que não esteja nos principais roteiros turísticos das agências de viagem, mas nem por isso deixa de ter os seus atrativos e surpreender quem visita a região. Para quem imagina que a Cidade Baixa se resume à parte baixa do Elevador Lacerda e o Mercado Modelo, vai descobrir a magia, a gastronomia, a religiosidade e a história de Salvador nessa parte da capital baiana ainda vista por poucos, mas que guarda recantos surpreendentes.

Comece seu roteiro descendo o Elevador Lacerda e visitando o tradicional Mercado Modelo, esse cartão postal da cidade que fica em um prédio neoclássico original, erguido em 1861 para sediar a Casa da Alfândega. O mercado foi fundado em 1912 para ser um centro de abastecimento na Cidade Baixa, com localização privilegiada para a Baía de Todos os Santos. Sobreviveu a cinco incêndios ao longo do tempo, e atualmente é passagem obrigatória para turistas que visitam a capital baiana.

São mais de 250 lojas de artesanato local, lembrancinhas, roupas, doces, cachaças, e outras miudezas. Ande em todos os pavimentos antes de escolher as melhores lembranças como lindas redes, esculturas de barro ou quadros pintados com temas dessa linda Bahia. Ainda tem restaurantes tradicionais como o “Maria de São Pedro” e o “Camafeu de Oxóssi”.

Serviço
Praça Visconde de Cayru, s/n – Comércio, Salvador – BA, 40015-170
Horário de Funcionamento: de segunda a sábado, das 9h às 16h. Domingos das 9h às 14h.

No caminho da fé
– Depois de saborear um pouco da cultura, que tal ir para a Península de Itapagipe, passando pelo Santuário de Irmã Dulce, no Largo de Roma, e visitando as obras assistenciais. A freira, o Anjo Bom da Bahia, foi elevada à condição de santa pelo Vaticano e por isso mesmo vale uma visita mais demorada ao local e conhecer a sua trajetória de fé e devoção aos pobres.



Igreja do Bonfim –
Este é um dos locais em Salvador mais visitados e que expressa bem o sincretismo religioso dos baianos. Nas escadarias, as fitinhas do Senhor do Bonfim. No seu interior, a devoção de católicos e de outras religiões. Do alto, a bela vista da Cidade Baixa e da Baía de Todos os Santos.

É lá que se encontra o famoso gradil coberto pelas coloridas fitinhas do Bonfim, provavelmente o local onde você vai fazer uma das melhores fotos da sua viagem. A Basílica do Bonfim é uma das mais tradicionais igrejas católicas da cidade, dedicada ao Senhor do Bonfim, padroeiro dos baianos e símbolo do sincretismo religioso da Bahia.

Restaurantes na Cidade Baixa – Fora do circuito tradicional da gastronomia de Salvador, a região que vai da Praia da Boa Viagem até o fim de linha do bairro da Ribeira oferece restaurantes simples mas com comida boa, farta e barata. Alguns já despertaram a atenção dos turistas, como os que ficam na localidade de Pedra Furada, no barro do Mont Serrat. Veja alguns:

Bar Recanto da Lua Cheia
– Comida de primeira qualidade, de frente para o mar, excelente para grupos. Os peixes estão sempre muito frescos, a cerveja é gelada e as moquecas são sempre uma boa pedida. No Mont Serrat

Pietro’s Bar – Por lá, você encontra a beleza natural da cidade e a deliciosa culinária típica baiana. Tente chegar cedo para garantir uma mesa de frente para o mar! O pátio tem árvores, deixando tudo mais gostoso. Mont Serrat

Tijupá Restaurante e Bar – O restaurante fica no Saveiro Clube na Ribeira, um local de fácil acesso. O ambiente é simples e agradável, arejado e com uma vista bem bonita. Indicamos a moqueca de camarão com siri catado e pirão, farofa de dendê e arroz como acompanhamentos. O Tijupá fica no Saveiro Clube da Bahia, a cinco minutos da Sorveteria da Ribeira.

Sorveteria da Ribeira – Com uma vista para a Enseada dos Tainheiros, a sorveteria é o cartão postal do bairro da Ribeira. É parada obrigatória nos finais de tarde, tendo um dos sorvetes mais deliciosos da cidade. Os sorvetes de frutas tropicais são a especialidade. A orla da Ribeira, que já era linda, está ainda mais legal depois da revitalização. O ambiente é muito agradável, como em uma cidadezinha de interior, com crianças brincando na praça e pessoas tomando sorvete sentadas nos banquinhos e barcos atracados na orla. Por este motivo, vale à pena escolher uma mesa do lado de fora.

A história no Solar Amado Bahia

Acaba de ser reaberto um dos lugares mais queridos – e aguardados – dos moradores da cidade. O casarão Solar Amado Bahia, na orla da Ribeira, foi completamente restaurado pela empresa Sorvetes Real e agora abriga um espaço cultural para eventos, o Museu do Sorvete e uma deliciosa loja conceito da tradicional sorveteria 100% baiana.

A restauração manteve grande parte dos detalhes desse local histórico e tão emblemático para o povo de Salvador. O acesso é mediante uma taxa de manutenção do local, de R$ 10 para todo o público (há condições diferenciadas para idosos, estudantes e grupos escolares, entre outros).

Serviço
Rua Porto dos Tainheiros, 80 – Ribeira, Salvador – BA, 40421-580
Funcionamento: de terça a domingo, das 10h às 19h.
Contato: (71) 3023-5953

Ponta do Humaitá & Forte de Monte Serrat

Para finalizar o dia com uma linda vista, visite um lugar com a carga histórica de uma fortificação de proteção. Primeiro vá ao Forte do Mont Serrat, considerado uma das obras militares mais primorosas do Brasil Colônia. Ainda mantém a planta original, com seis torreões, de onde se avistavam os inimigos, e o poço d’água que abastecia os soldados.

Ali coladinho, a Ponta de Humaitá é um lugar bem tranquilo, com uma bela vista para a cidade de Salvador. Possui o Clube Náutico da Bahia, o Faroil de Humaitá e a Igreja e o Mosteiro de Nossa Senhora de Monte Serrat. De lá, a vista da entrada da Baía de Todos os Santos é privilegiada: de um lado, mira a Salvador, e do outro, a Ilha de Itaparica. Vá e veja um pôr de sol inesquecível.

Serviço
Rua Santa Rita Durão | Ponta de Humaitá, Salvador, Bahia 40425-000, Brasil

Compartilhar: