简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Costa do Dendê é alternativa para quem quer tranquilidade

Costa do Dendê é alternativa para quem quer tranquilidade

Publicado em: 11/06/2019
Por: Adilson Fonsêca


Muitos conhecem a região simplesmente Baixo Sul, pois se situa entre o Recôncavo Baiano, no qual se inclui Salvador, e a Região Cacaueira, no Sul do Estado, onde a cidade de Ilhéus é a principal atração turística. O dendê é uma referência por ser a região a de maior concentração desse tipo de palma, de onde se extrai o famoso azeite de dendê, um dos principais ingredientes da culinária baiana. Região rica de rios, Mata Atlântica e belas praias, é um dos lugares mais paradisíacos do litoral baiano. E mesmo no verão, o sol brilha.

Nesse pedaço de paraíso do litoral baiano, entre as cidades de Valença até Itacaré, a famosa Costa do Dendê abriga a Península de Maraú, na Baía de Camamu, e é uma das áreas mais reservadas do estado graças ao difícil acesso á região. Esta espécie de santuário ecológico mostra uma variedade de ecossistemas costeiros, piscinas naturais, estuários, rios e manguezais, que se dividem e se cruzam com a vastidão do Oceano Atlântico.

Essa conjunção de fatores da natureza forma belíssimas praias, recifes, manguezais, campos naturais e tipos florestais da Mata Atlântica com uma variada fauna e flora. Além do litoral a península também oferece outros tipos de atrações voltadas ao ecoturismo como cachoeiras e trilhas ecológicas.

São aproximadamente 40 quilômetros de praias praticamente desertas. Durante a maré baixa dezenas de piscinas naturais lotadas de peixinhos coloridos aparecem nos arrecifes. Numa de suas principais atrações turísticas, a localidade de Barra Grande se destaca. A vila é a maior da península e ainda preserva a simplicidade dos primeiros habitantes, apesar de abrigar as principais pousadas, bares e restaurantes da região.

A região conta com diversos restaurantes de boa qualidade disponibilizando um enorme roteiro gastronômico em casas especializadas em todo tipo de culinária. Os pratos típicos da região ficam por conta da banana com catado de siri, tapera, camarão no coco e o peixe na chapa com arroz de polvo.

Preservação – A Península de Maraú pertence à APA (Área de Proteção Ambiental), unidade de conservação de uso sustentável da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica no sul da Bahia, que possui uma série de leis de preservação da natureza.

Principais locais

Praia de Taipus -A praia de Taipus de Fora é considerada uma das mais belas do Brasil porque tem uma piscina natural de um quilômetro de extensão com peixes de todas as cores . Lá pode-se observar arrecifes, corais e peixes de todas as cores. No verão, são feitos mergulhos com lanternas para observar a fauna marinha noturna.

Mirante do Morro do Farol – É o ponto mais alto da península, com 51 metros de altura. De lá se tem visão de toda a extensão de praias. O melhor modo de chegar é a pé, pela praia de Taipu de Fora.

Lagoa do Cassange – Possui cinco quilômetros de extensão, e a lagoa de água doce é separado do oceano por uma faixa de areia clara de apenas 300 metros, oferecendo um dos melhores locais para o banho.

Cachoeira do Tremembé – Na Baía de Camamú, em meio ao mar, o Rio Maraú despenca em um queda d’água de 30 metros de largura por cinco ,metros de altura, formando um grande lago. O resultado é um banho refrescante na temperatura ideal.

Ilha da Pedra Furada – Para se chegar ao local serão necessários 30 minutos de barco a partir de Barra Grande e aproximadamente uma hora a partir de Camamu. O seu nome se deve a uma rocha cavada pela erosão. A ilha é bem pequena. Possui uma fonte natural e uma praia com águas cristalinas. Ali funciona um único restaurante servindo comida típica.

Como chegar

De avião – O aeroporto mais próximo de Maraú fica em Ilhéus que atualmente é servido por voos diários. Outra opção é o aeroporto de Salvador. De Salvador usa-se o sistema ferry boat para atravessar a Baía de Todos os Santos e de lá pela BA-0001 até Valença ou Camamu

De barco -Para chegar até Barra Grande é preciso pegar um barco em Camamu. No porto de Camamu existem duas opções de transporte para Barra Grande e Taipus: barcos comuns e lanchas rápidas. Barcos comuns são mais baratos mas levam um tempo a mais. O horário de funcionamento é das 6 da manhã até as 5 da tarde.

Compartilhar: