简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Não precisa ir longe. O caribe fica ali, em Taipu de Fora

Não precisa ir longe. O caribe fica ali, em Taipu de Fora

Publicado em: 15/11/2019
Por: Adilson Fonsêca


Quer gastar pouco, comer bem, se divertir e aproveitar uma das paisagens mais bonitas do Brasil, eleita entre as 10 melhores praias pelo Guia Quatro Rodas, a Revista Viaje Aqui, Guia da Semana da Veja, e até do Jornal inglês The Guardian?. Pois esse lugar está na Bahia, mais precisamente na Península de Maraú, no Litoral Sul do Estado, e a poucos quilômetros de Salvador. Chama-se Taipu de Fora. Depois que conhecer, você não vai esquecer.

Praia de areia fofa e alvas, vasta área de coqueirais a a perder de vista, arrecifes que formam piscinas naturais, e um por do sol de tirar o fôlego e fazer qualquer um sonhar com o paraíso. Se você ainda não ouviu falar desse paraíso, saiba que ele é acessível, chegando de avião em Ilhéus ou partindo de Salvador. Apesar da imensa beleza, o local ainda não é muito freqüentado pelo grande público, talvez porque para se chegar ao local é preciso um pouco de espírito de aventura.

Se você vem de outros estados, a primeira opção é desembarcar no aeroporto de Salvador e fazer a travessia da Baía de Todos os Santos pelo sistema ferry boat. De carro ou de ônibus, se chega até as cidades de de Valença e Camamu, já na chamada Costa do Dendê. De lá saem barcos diariamente para esse pequeno paraíso no meio da Península de Maraú. Caso queira, pode-se utilizar também o aeroporto de Ilhéus, que fica a pouco mais de 100 quilômetros de distância de carro, sendo que durante o trajeto é necessário encarar 45 minutos de estrada de terra.

De carro, de ônibus, a viagem de barco (em lanchas rápidas ou transporte regular) é inevitável, mas que vai lhe garantir uma visão que jamais será esquecida, assim que você colocar os pés em Taipu de Fora. Não é à toa que o local está entre os tops mais bonitos do Brasil.

Cenário de tirar o fôlego – O mar azul de águas límpidas,l, coqueirais sem fim e um brilho que dói os olhos, para quem não quiser usar óculos escuros. É a primeira impressão para quem chega a Taipu de Fora. Se estiver cansado do trajeto de Salvador ou de Ilhéus, deite-se em uma espreguiçadeira em um dos inúmeros bares ou pousadas à beira da praia, enquanto toma um drinque ou uma água de coco, e aprecie a paisagem.

O melhor estar por vir. As piscinas naturais que se formam durante a maré baixa, ótimas para nadar, mergulhar e apreciar a beleza marinha, a pouco mais de um quilômetro da costa. Basta uma máscara e um snorkel para se encantar com peixes coloridos e formações de corais. A praia fica a 7 km da vila e o acesso é por jardineira, uma espécie de lotação pública, própria para andar em terrenos íngremes.

Se a escolha for água salgada, vá para as piscinas de Taipu de Fora. Mas programe-se para chegar na hora da maré baixa. Quanto mais seca a vazante, mais cristalina a água fica. Se for lua cheia ou nova, o movimento das marés é mais radical e as piscinas aparecem mais. Se coincidir os horários, sente em um bar e almoce frutos do mar. Na maré alta, esqueça esse programa todo: a água fica mais mexida, com ondas e recifes cobertos e até um pouco perigosos. Então, cautela: o mergulho não é indicado.

Como chegar e ficar

A melhor maneira de chegar à Península de Maraú, onde fica Taipu de Fora, é pelo mar. Barcos e lanchas rápidas partem durante o dia todo do porto de Camamu. Barcos maiores levam uma hora e meia. O caminho até Barra Grande entre as ilhas e praias da belíssima Baía de Camamu já vale por um passeio.

Da vila de Barra Grande saem várias jardineiras para Taipu de Fora e as outras praias de Maraú. São, na verdade, veículos 4×4 com carroceria adaptada para o transporte de passageiros. Também é possível chegar de carro mas o percurso pela BR 030 a partir de Itacaré tem mais de 40 quilômetros de terra, nem sempre bem conservados.

Há poucas opções de hospedagem em Taipu de Fora e outras praias próximas. Se você gosta de movimento à noite e mais opções de bares e restaurantes, é melhor ficar em Barra Grande. O povoado tem pousadas de vários padrões, é bem organizado e tem boa infraestrutura. As ruas são de terra e não há sinal de celular. Duas barracas grandes servem frutos do mar em frente à piscina natural de Taipu.

Compartilhar: