简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Passeios > O que fazer em Morro de São Paulo

O que fazer em Morro de São Paulo

Publicado em: 12/01/2019
Por: Fonte - Férias Brasil


Um dos destinos mais cobiçados da Costa do Dendê, a cosmopolita Morro de São Paulo fica na Ilha de Tinharé, a 248 quilômetros de Salvador. Para chegar lá é preciso pegar um catamarã ou um avião na capital baiana. Outra alternativa é ir de carro ou ônibus até Valença e dali seguir em um barco ou uma lancha. E uma terceira – e ótima opção! – surgiu em 2014: pegar um avião em Campinas (mas só tem voo aos sábados, seja para ir ou voltar) rumo à Valença (e lá embarcar no barco ou lancha). Ou seja: a logística continua não sendo a mais simples, mas a aventura continua compensando.

Caminhadas ao Forte e ao Farol

Os dois monumentos mais importantes de Morro de São Paulo guardam histórias e são passeios imperdíveis para o final da tarde. Do farol, avista-se todas as praias da vila. O visual, azul de cima a baixo, ganha pinceladas de verde intenso graças aos imensos coqueirais. Quem não tiver pique de subir até lá para ver o pôr do sol,a dica é seguir para o forte. Sentados nas muralhas, turistas e nativos assistem ao espetáculo, que pode ainda ser acompanhado por golfinhos.

Mergulhar nas águas cristalinas

s águas cristalinas e os recifes de Morro de São Paulo tornam a região perfeita para o mergulho. Com snorkel, as melhores opções são os corais das Segunda, Terceira e Quarta praias, além da laje do Forte, na Primeira Praia. Para quem for à Boipeba, a dica imperdível é a piscina natural de Moreré. Com cilindro, a atividade é feita de dia ou à noite na laje do Forte e em outros dois pontos, distantes 30 minutos de barco: as lajes do Tatiba e do Tatimirim. Debaixo d’água há lagostas, camarões, moreias e peixes coloridos – é mais fácil vê-los entre dezembro e março, quando a visibilidade chega a 20 metros. Informações: Itha do Mar (75-3652-1104).

Passear de barco

Há dois passeios de barco pela ilha. O mais procurado e conhecido é o Volta à Ilha, que dura o dia todo. De manhã, a programação é dentro d’água: as piscinas naturais da Praia de Garapuá, com águas quentes e cheias de peixinhos, são o primeiro ponto para mergulho. Depois, o barco segue para as bonitas piscinas de Moreré, na Ilha de Boipeba. Após o desembarque na Praia de Cueira, caminha-se pela orla por Tassimirim para chegar à Boca da Barra (centrinho de Boipeba), onde há uma breve pausa para o almoço nas barracas pé na areia (pago à parte). À tarde, a navegação segue pelo Rio do Inferno e faz mais duas pausas nas cidadezinhas de Canavieiras e de Cairu.

Já o passeio pelo Norte da Ilha começa com um refrescante mergulho na Ilha dos Amores e segue até a Praia Gamboa, onde há o tradicional banho de argila. De volta ao barco, é a vez de visitar a Coroa do Meio, extenso banco de areia que se forma na entrada do Canal de Taperoá, e um trecho mais deserto da praia da Ponta do Curral.

Comprar artesanato

Todas as noites, uma feirinha de artesanato é montada na Praça Aureliano Lima. Entre as peças, artigos em prata, bijuterias, roupas artesanais e objetos de decoração feitos com materiais reciclados. As lojas do Caminho da Praia também oferecem boas opções de compras.

Toca do Morcego

Apesar de funcionar até altas horas da madrugada em dias específicos (terças e sábados), o melhor momento para curtir a casa é durante o pôr do sol. Em um jardim com vista para o mar espalham-se esteiras, almofadas e redes emolduradas por coqueiros e árvores, além de livings com sombreiros, mesas, sofás… Para relaxar ainda mais, a trilha sonora é chill out, perfeita para acompanhar os drinks variados. Não raro, uma banda de MPB e couvers internacionais sobe ao palco depois que o sol se esconde.

Caminhada à Gamboa com passeio de barco até a Ponta do Curral

Uma trilha de 45 minutos leva à rústica praia da Gamboa, frequentada por pescadores. No caminho, paradas na Fonte do Céu para um banho refrescante; e na Praia da Argila. Aproveite para apreciar a flora da região, repleta de bromélias gigantes. Da Gamboa partem barcos para a Ponta do Curral, uma praia extensa, cheia de coqueiros e completamente deserta. Na volta, é possível pegar barco entre Gamboa e o porto de Morro.

Compartilhar: