简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > A terra da magia fascina e atrai mais e mais turistas

A terra da magia fascina e atrai mais e mais turistas

Publicado em: 13/12/2019
Por: Adilson Fonseca


Eles vêm de toda parte do mundo e desembarcam de avião e de navio, quando vêm do exterior, e de ônibus no terminal rodoviário, quando vêm do interior ou de estados mais próximos. O fato é que Salvador está sendo tomada pelos turistas, e mal pisam em solo baiano, são tomados pelos encantos da terra e dos seus habitantes.

O lado mais significativo dessa acolhida tem sido o Porto de Salvador, onde quase que diariamente aporta um transatlântico. Até o final da temporada da Alta estação, logo após o carnaval, serão dezenas deles vindos dos estados Unidos e da Europa. Já no Aeroporto Internacional de Salvador, cujas obras de requalificação na primeira etapa foram entregues recentemente, foi preciso aumentar o número de voos extras ante a previsão crescente da vinda de turistas do Brasil e do exterior.

Para quem escolheu Salvador como destino neste verão, as opções começam ase mostrar logo no desembarque, onde baianas ricamente e tradicionalmente trajadas recebem os visitantes. No Porto de Salvador, onde aportam os transatlânticos, os turistas, após as recepções de boas vindas, se deparam logo com a esplêndida vista de uma cidade montada sobre a outra (Cidade Alta e Baixa) interligada por um elevador com mais de 70 metros de altura.

Na parte baixa o Mercado Modelo, com suas lojas de souvernirs e as famosas “lembranças da Bahia”, onde se destacam o berimbau, as contas multicoloridas, os patuás e as famosas fitinhas do Senhor do Bonfim. O cheiro do acarajé, principal iguaria que remonta ao tempo da escravidão africana, se mistura com o azeite o leite de coco da moqueca de peixe ou de camarão. Ao fundo o som de algum ensaio de bloco, ou afoxé já antevendo o carnaval.

Opções –Não importa o tempo que vá permanecer em Salvador ou em uma das 13 regiões turísticas da Bahia. As opções são inúmeras. Se for para o litoral, pode escolher o Norte, com Guarajuba (Praia de Selo Azul internacional) ou a belíssima Praia do Forte, berçário das tartarugas marinhas. Se optar pelo Sul, as opções vão desde Morro de São Paulo, Moreré ou Boipeba, até a Península de Maraú, a Polinésia Brasileira .E tudo isso aa partir da travessia da Baía de Todos os Santos.

A Baía de Todos os Santos, a maior do Brasil, é um capítulo á parte. São 56 ilhas, onde se destacam a maior delas, Itaparica, com praias paradisíacas como Mar Grande. Maré, com a praia de Nossa Senhora das Neves e suas areias alvíssimas, ou a Olha dos frades, onde está a Praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe, Bandeira Azul Internacional desde 2017.

Mas se não quiser praia tem o frio da Chapada Diamantina, com as cidades de Lençóis, Mucugê e Rio de Contas, como as melhores opções, e os Çanyons do São Francisco, aa 400 quilômetros da capital, na cidade de Paulo Afonso.

Salvador  – O mais difícil é escolher, ante as inúmeras opções de turismo, lazer e diversão. Do centro Histórico onde o Pelourinho e o Santo Antonio Além do Carmo se rivalizam em atrações, ás praias, que vão do Porto da Barra até Praias do Flamengo, já no limite do município em direção norte, à parte insular, como as Ilhas de Maré e dos Frades.

Mas a capital baiana, a primeira do Brasil, de 1549, tem inúmeras outras surpresas, como o sincretismo religioso que se manifesta nas celebrações das igrejas no Centro Histórico, no pacato bairro de São Lázaro, onde todas as segundas-feiras orixás se misturam com  santos católico, e na basílica do Bonfim, onde Senhor do Bonfim também é tratado como Oxalá.

Como se não bastassem, a miscigenação baiana se faz marcante na culinária, única no Brasil, onde elementos da cozinha italiana e portuguesa, se mesclam com as heranças deixadas pelos antigos escravos africanos e os povos indígenas que por aqui habitaram.

Se jogue, como se diz por aqui, pois o verão apenas está começando!

 

Compartilhar: