简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Morro de São Paulo, um dos destinos mais fascinantes da Bahia

Morro de São Paulo, um dos destinos mais fascinantes da Bahia

Publicado em: 25/07/2020
Por: Paulo Sampaio


O sopro da brisa amena serve para tornar mais agradável o eterno verão baiano. As praias costumam abrigar turistas do mundo inteiro e logo eles aprendem a falar o baianês. A língua aqui é universal.

Aqui não há hora para nada. Esqueça, portanto, o relógio. E dê um merecido descanso, também, ao celular. No máximo, faça algumas imagens do lugar e mande para os amigos. Só para matá-los de inveja, afinal você é um privilegiado. Você está em Morro de São Paulo.

Aqui, o dia pode amanhecer as 6 da manhã ou ao meio dia. Depende muito de como foi sua noite anterior. A diversão se estende sem hora para acabar. Vai do papo animado na praia ao lual ou a balada na beira do mar, com corpos bronzeados desfilando à sua frente.

Em Morro de São Paulo é assim. A natureza está sempre conspirando para você que chegou só para conhecer essa ilha paradisíaca não querer mais ir embora.

Mas “não se avexe não moço”, diria com sua voz arrastada, mas com um carinho que você não vai encontrar em nenhum lugar do planeta, um dos nativos do lugar. Aqui, são muitas as histórias de quem veio para um banho de mar e não voltou mais.

Em Morro de São Paulo não circulam carros e só se chega de barco, lancha ou por avião. As praias são lindas e há paisagens espetaculares que podem ser apreciadas a partir de um morro.

Turistas de várias partes do mundo e nativos se misturam nas ruas, caminhando sem a preocupação do trânsito pesado. No entanto, o local é cheio dos mais diversos agitos, como festas, shows e bares movimentados.

Esta mistura forma essa vila localizada nessa ilha oceânica da Bahia, uma ponta de terra que avança mar a dentro, com o fascínio de suas praias e belos coqueirais.

Aliás, se falamos em vila, esse é um lugar especial em Morro de São Paulo. Pequenas lojinhas de artesanato e roupas para o verão se misturam a botecos simples dos nativos mesmo e a restaurantes sofisticados, onde se pode comer pratos da cozinha regional e internacional.

E o segredo dessa diversidade gastronômica que enriquece ainda mais a noite em Morro de São Paulo é um feitiço baiano que costuma fisgar quem por aqui chega. Chefes famosos já deixaram finos restaurantes de São Paulo e do Rio, para viverem nesse paraíso e não cogitam sair mais daqui por nada.

Os passeios oferecidos por agências de viagens do local são de beleza indescritível. O turista pode visitar as ilhas vizinhas, fazer o passeio em volta da ilha, além de trilhas ecológicas com guias credenciados.

Há ainda programas para se conhecer a história de Morro de São Paulo, visitando monumentos históricos da época colonial e alguns recantos especiais que eles costumam guardar em segredo para visitantes especiais, como você.

As festas noturnas são variadas e muitas vão até o (belo) amanhecer, pois nem só de pôr do sol se vive por aqui. Há músicas para todos os gostos e idades. Enfim, a sensação é de que se chegou ao paraíso.

As praias recebem uma denominação por ordem numérica: Primeira Praia, Segunda Praia, Terceira Praia, Quarta Praia e Praia do Encanto. Emolduradas pela beleza verde da Mata Atlântica, todas elas abrigam águas límpidas de um azul exuberante e espaço para muito esporte e lazer.

Mas se você é do tipo que veio só para relaxar, então faça isso: relaxe. É só estirar o corpo numa espreguiçadeira e descansar, seja embaixo de um coqueiro, seja numa das muitas poças que se formam quando a maré está baixa. A brisa mansa do lugar se incumbe do resto. Ai não dá para descrever a sensação de prazer. Só estando em Morro, tá!

Mas se você quer saber qual a que combina mais com seu estilo, vale trocar idéias com um nativo. A primeira é a mais freqüentada, por ser mais perto do vilarejo, onde a noite ferve. Abriga famílias e várias pousadas.

A segunda já é um pouco mais tranqüila. Tem piscinas naturais que os casais aproveitam para relaxar. A terceira já abriga um agito maior, e a quarta é dos jovens, mais liberal, onde eles se revezam tanto de dia quanto à noite.

O lual é um dos pontos altos por lá, em noites de lua cheia. Festas improvisadas embalam a noite e costumam ir até o dia raiar. Ficou curioso? Só você visitando para descobrir seus encantos.

Compartilhar: