简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Feiraguai, a 25 de Março de baianos e nordestinos

Feiraguai, a 25 de Março de baianos e nordestinos

Publicado em: 02/12/2020
Por: Alex Ferraz


Se você é daquele tipo que não vai na e3squina sem comprar algo, mesmo que sem precisar e vai passar uns dias em Salvador, que tal tirar uma manhã ou uma tarde para dar uma chegada a Feira de Santana, a segunda maior cidade do estado, com boa estrutura gastronômica, onde se destacam os restaurantes de comida regional, e reservar uma horinha para conhecer a Feiraguai. É uma espécie de 25 de Março da Bahia, onde se compra de tudo, principalmente made in China, e por um precinho bem convidativo.

Embora no seu endereço na internet Feiraguay seja grafada com Y no final, na verdade ela sempre foi conhecida como Feiraguai, com “I” mesmo. Não é difícil deduzir a origem do nome. Trata-se de uma mistura de Feira (de Santana) com Paraguai, inicialmente pejorativa devido à base do comércio ser de produtos comprados no país vizinho.

No entanto, hoje, o Feiraguai está para baianos e nordestinos em geral como a Rua 25 de Março, maior comércio popular do País, em São Paulo, está para paulistanos, paulistas e gente do Brasil inteiro.

Consolidado, depois de vencer os preconceitos contra a chamada no baianês clássico de “muamba”, o local hoje vende de tudo: eletrônicos, roupas, peças para automóveis (inclusive importados), calçados, cosméticos, decoração, e até informática, jóias, moda fitness, tabacarias, bebidas. Quase tudo, como eles mesmo admitem, de segunda linha ou genéricos mas pelo preço….

Trata-se, enfim, do maior polo de comércio informal de toda a região Norte e Nordeste do país. De bugigangas a um mar de produtos eletrônicos chineses, a sua movimentação já se tornou tão grande que hoje Feira de Santana, quem diria, pode ser considerada como um polo turístico.

Feira de Santana fica a 110 quilômetros de Salvador, praticamente em linha reta pela BR-324, principal via de acesso e saída da capital baiana. Chegando lá, nem precisaria saber o endereço formal, mas, lá vai: Praça Presidente Médici, 72 – Centro. Mais informações pelo telefone (75) 3022-3311 ou site feiraguay.com.

 

Compartilhar: