简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Salvador tem praias para todos os gostos em três tipos de orla

Salvador tem praias para todos os gostos em três tipos de orla

Publicado em: 22/08/2020


O formato geográfico de Salvador, como um triângulo voltado para a Baía de Todos os Santos, permite que a cidade seja um dos lugares mais privilegiados em termos de litoral. São três costas, cada uma com uma característica própria, onde se permite uma escolha sobre que tipo de banho de mar se quer desfrutar.

São praias de mar aberto, na orla oceânica, que vai do Farol da Barra até os limites da cidade, em Praias do Flamengo. Ou praias de águas interiores, como as da Cidade Baixa, entre a Ribeira e a Calçada. Ou a orla do Subúrbio Ferroviário, já na parte mais interior da Baía de Todos os Santos e onde estão duas importantes ilhas pertencentes ao município de Salvador: Frades e Maré.

O melhor de tudo é que mesmo nesses cenários distintos, existem espaços específicos onde se pode escolher o tipo de diversão à beira mar desde oi mar com ondas propícias para o surf, à recantos com piscinas naturais, como na Praia de Itapuã, na Orla Atlântica, que possui maré baixa calmo de ondas médias, mas em determinados lugares, existem grandes pedras que formam piscinas naturais. Dependendo do ponto da praia onde você ficar, é possível praticar surfe e outros esportes aquáticos.

Orla Atlântica

Entre o Farol da Barra e a Praia do Flamengo, já nos limites da capital baiana, existem dezenas de parais com as mais diversas características. As mais emblemáticas são as de Itapuã e Piatã, que têm trechos de mar aberto e outros que forma m pequenas enseadas. Eternizada nos versos de Vinícius de Moraes, Itapuã tem “a presença” do artista até hoje. O bairro mais musical de Salvador também é sede do Bloco Afro Malê Debalê, das Ganhadeiras de Itapuã, tem rodas de samba tradicionais, além de ter um dos acarajés mais icônicos da cidade, o Acarajé da Cira.

A Praia de Piatã está situada coladinha à Itapuã. Em 2015 Piatã ganhou uma nova orla, implantação do paisagismo com recomposição da área de restinga, que foi ampliada com o recuo da área pavimentada, além da área para eventos com espaço para instalação de palco. Além disso, foi disponibilizado parque infantil, equipamentos para ginástica, ciclovia e estrutura com edificação de apoio para as atividades dos pescadores. A Praia de Piatã é conhecida pelos turistas e moradores que curtem praticar esportes no mar. Mas esta praia é igualmente boa para famílias, pois tem uma área nas pedras que formam pequenas piscinas naturais. É ideal para crianças pequenas, com possibilidade de ver peixinhos devido às águas cristalinas.

Um pouco mais adiante, a Praia do Buracão, no boêmio bairro do Rio Vermelho é aquela praia que os jovens descolados da cidade frequentam. A faixa de areia não é extensa, o mar não é calmo, mas o clima dos frequentadores é o diferencial: parece que todo mundo se conhece! Tem um paredão cheio de grafites, mosaicos em espelhos e a escadaria de acesso tem uma arte de Iemanjá nos degraus. Rola de alugar um guarda-sol e passar a tarde olhando para o mar.

Entre o mar aberto e a Baía

As praias da Barra são conhecidas por sua diversidade de público, por ter o Museu Náutico – mais conhecido como Farol da Barra – e por ser o circuito mais famoso do Carnaval de Salvador. A orla é tomada de esportistas na ciclovia andando de bicicleta, correndo, caminhando, andando de skate ou de patins.

São faixas de areia distintas: Porto da Barra, Praia do Farol da Barra e Praia do Barravento. A mais próxima do Centro, Porto da Barra, é conhecida por suas águas limpas e “areia badalada”. É indicada para a prática de esportes náuticos, como o windsurfe, caiaque, canoa havaiana e SUP. Seguindo pela orla, próximo ao Farol, na praia da Barra, formam-se piscinas naturais na maré seca. Outros atrativos são o belo pôr do sol e a iluminação noturna, garantindo o movimento até mesmo depois que o sol se põe.

Se você procura por uma praia dentro da cidade, com ondas fortes e boa qualidade de água, a mais indicada para surfistas avançados é a praia Barravento (na Barra Avenida, entre o Cristo e o Farol da Barra, mais próxima ao Morro do Cristo, ao lado do restaurante Barravento). Não é indicada para iniciantes ou intermediários.

Águas interiores

Nessas praias, localizadas na Península de Itapagipe, na Cidade Baixa, as mais famosas são as praias da Boa Viagem, Praia do Meio e Ribeira. Todas, invariavelmente, são de águas calmas e transparentes ideais para o nado, a prática de esporte como o Wind surf e o SUP, o mergulho e o remo. Por sinal é nessa região, na Enseada dos Tainheiros, uma reentrância da própria península, que se pratica o esporte profissional em Salvador.

A Praia da Boa Viagem é localizada no bairro homônimo em Salvador, na Cidade Baixa. Nela encontra-se a Igreja da Boa Viagem, construída durante o século XVIII. É famosa principalmente por ser o ponto de chegada da Procissão Marítima do Bom Jesus dos Navegantes, que acontece no primeiro dia do ano.

Ali do lado é a Praia do Meio, coladinha à Praia de Boa Viagem, de onde pode-se facilmente ter uma vista panorâmica da costa. Além de águas bem tranquilas, sem ondas, tem barracas na areia com petiscos e bebidas. O Forte de Nossa Senhora de Monte Serrat, sede do Museu das Armas, e o Farol da Ponta do Humaitá, também conhecido com o Farol dos Namorados, são ali pertinho.

No interior da Baía

O Subúrbio Ferroviário de Salvador impressiona pelas belezas naturais. A Praia de São Thomé de Paripe tem águas calmas e mornas, vindas da Baía de Todos os Santos, e o local está bem aconchegante, com ambulantes organizados e espaço para estacionamento ao longo da orla. A praia é rodeada de barzinhos e restaurantes e o movimento é bem grande aos finais de semana, principalmente pelos moradores da região.

São Tomé do Paripe está situada bem ao extremo sul do litoral de Salvador. O mar tranquilo e raso é ideal para quem não é um bom nadador e para crianças, e também para os praticantes de esportes náuticos, como windsurfe, esqui aquático e caiaque. O “Caribe Baiano” tem um pequeno cais na ponta da praia de onde partem diariamente embarcações com destino à Ilha dos Frades e à Ilha de Maré, dentro da Baía de Todos os Santos. Dali para as ilhas – Maré e Frades, existem barcos diariamente em viagens curtas.

A Ilha dos Frades é um verdadeiro paraíso e suas águas quentes e sem ondas são extremamente convidativas. O lugar é tão incrível que a Praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe tem Bandeira Azul, um selo internacional dado a lugares que cumprem requisitos de bem-estar, estrutura e respeito ao meio ambiente. Apenas cinco praias do Brasil receberam este símbolo de preservação!

O que já era um passeio lindo na Baía de Todos os Santos agora se tornou imperdível! A praia é linda e, no cume da montanha, um mirante e a igrejinha de Nossa Senhora de Guadalupe, construída pelos portugueses no séc. XVII, fazem do passeio completo. A faixa de areia de Ponta de Nossa Senhora é toda organizada com sombreiros coloridos, tendo serviço de comidas, bebidas, guarda-sóis e cadeiras.

Compartilhar: