简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Das obras de Jorge Amado, a Costa do Cacau está ainda mais linda

Das obras de Jorge Amado, a Costa do Cacau está ainda mais linda

Publicado em: 01/01/2021
Por: Adilson Fonseca


Palco de histórias fascinantes contadas com estilo único nos romances de Jorge Amado, a Costa do Cacau guarda segredos que nem o próprio Jorge revelou em suas obras. A bucólica Ilhéus e suas antigas fazendas de Cacau, suas praias, igrejas e o tradicional Vesúvio fazem da região uma parada obrigatória para quem quer viajar no tempo e curtir o mar.
Composta pelos municípios de Ilhéus, Itacaré, Ipiaú, Maraú, Una, Canavieiras, Itabuna, Uruçuca, Santa Luzia, Pau Brasil e São José da Vitória, a Costa do Cacau é uma das 13 Zonas Turísticas do Estado, e está localizada no litoral Sul da Bahia.


A região é rica em paisagismo natural, com redutos de belezas naturais, com rios margeados por fazendas de cacau, praias intocadas, de vastos coqueirais, e uma vasta área preservada de Mata Atlântica. Por isso mesmo se tornou um dos destinos turísticos mais procurados por quem gosta de aliar o contato com o litoral e a beleza das matas virgens, onde podem ser feitas trilhas e a prática do ecoturismo.

Berço da cultura do cacau, a região denominada Costa do cacau é repleta de fazendas que ainda cultivam a fruta, que é uma das principais commodities de exportações do Brasil. Ao lado das fazendas, existem quilômetros de praias belíssimas, cachoeiras com águas límpidas e minerais, árvores centenárias, e um das maiores biodiversidades do mundo, viveiro natural de exuberante fauna, pássaros multicoloridos. Trilhas conduzem o visitante a verdadeiros santuários naturais, grutas, lagoas e praias pouco visitadas,  muitas ainda desertas, aliada à moderna infraestrutura turística, com hotéis de luxo, bares e restaurantes e cabanas de praia de alta qualidade.

Ilhéus – Ponto de chegada de partida para quem quer conhecer a Costa do Cacau, a cidade possui bons acessos por navios transatlântico, aeroporto e e boas rodovias. Cidade histórica, mas moderna, oferece, além de serviços de ponta, praias belas e recantos naturais os mais diversos. A Estância Hidromineral de Olivença, distrito de Ilhéus, é ideal para quem quer curtir o lugar o ano inteiro. No Balneário Tororomba estão as nascentes de águas ferruginosas e medicinais que revitalizam o corpo, hidratam, tonificam, e rejuvenescem a pele dando um bronzeado natural.

Já a pouco mais de 70 quilômetros de Ilhéus, está Itacaré, paraíso do ecoturismo e dos esportes náuticos mais radicais.  A cidade é banhada pelo Rio de Contas, que nasce ao sul da Chapada Diamantina. Já a pequena cidade de Uma, possui o único habitat natural do mico-leão-da-cara-dourada, primata fortemente ameaçado de extinção.

Para quem gosta de conforto e sofisticação, a  Ilha de Comandatuba, onde está situado um equipamento hoteleiro internacional, se destaca. Das mesma forma que Canavieiras , município ao sul de Ilhéus, distante pouco mais de 100 quilômetros, prima por ser o maior pesqueiro do robalo e merlim do Brasil, o que atrai para o lugar esportistas adeptos da pesca. Já a cidade de Itabuna funciona como um centro regional de comércio, indústria e de serviços ,e de ser a terra natal do escritor Jorge Amado.

 

O pequeno municípios de Santa Luzia abriga cavernas, rios, cachoeiras, poços, lagoas e paredões de rocha. Em Uruçuca ficam a Área de Proteção Ambiental Itacaré/Serra Grande e o Parque Estadual da Serra do Conduru, a terceira maior biodiversidade do mundo, com inúmeros atrativos, como por exemplo: Fazenda São Tomé, Cachoeira do Zé Maria, Poço do Robalo, Represa de Serra Grande, todas as praias estão localizadas no distrito de Serra Grande.

 

Compartilhar: