简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Santo Antônio Além do Carmo é mais que uma igreja, é um passeio agradável

Santo Antônio Além do Carmo é mais que uma igreja, é um passeio agradável

Publicado em: 09/05/2019


Não, não se trata de uma visita a um templo religioso, que data dos primeiros anos de colonização do Brasil e está localizado nos limites do Centro Histórico de Salvador. É um conjunto de atividades prazeirosas, que começa com a visita em si, acrescentada com conhecimento histórico-cultural entre os casarios e ruas calçadas em pedras do bairro do Santo Antônio, e pode ser encerrada com uma das mais belas vistas do pôr do sol da Baía de Todos os Santos e uma cerveja, café, acarajé ou pasteis, em um dos inúmeros barzinhos e cafés da região.

Tudo isso faz da Igreja do Santo Antônio Além do Carmo um delicioso passeio a pé dos mais agradáveis para quem está no Centro Histórico de Salvador, seja turista ou soteropolitano. Num mesmo roteiro estão reunidos séculos de história do Brasil, uma arquitetura em diversos estilos, a cultura típica dois baianos e a vista ampla e bela da Baía de Todos os Santos.

Conta a história que a Igreja de Santo Antônio foi fundada em 1594 em homenagem a Santo Antônio. De pequena capela, passou por ampliações e reformas, tendo sido palco de invasões holandesas e, também, da resistência portuguesa. Diz-se que o Padre Antônio Vieira, para impedir que tropas holandesas conquistassem Salvador, utilizou o púlpito da igreja para pregar seu sermão ‘À beira das trincheiras’, que, por 40 dias, defenderam a cidade contra as tropas de Nassau.

Além dos portões- No período colonial os limites urbanos de Salvador terminavam onde hoje é a parte baixa do Largo do Pelourinho, entre o acesso para a Baixa dos Sapateiros, a Ladeira do Taboão (que leva à Cidade Baixa) e a subida para o Convento do Carmo. O termo “Além do Carmo” é uma alusão à sua posição geográfica, uma vez que a igreja ficava situada além de uma das portas de entrada da cidade de Salvador – as Portas do Convento do Carmo.

Até o início do século XX, o bairro do Santo Antônio era residência de aristocratas, o que se retrata no esmero das fachadas dois casarios e na assimetria de suas ruas. Contudo. Ali estão, além do conjunto de igrejas e do Convento do Carmo, a igreja do Boqueirão e, no final, ao lado do antigo Forte do Barbalho (atual Forte da Capoeira) a Igreja de Santo Antônio.

É provável que a primitiva capela tenha sido aumentada já no início do século XVII, pois consta que, durante a invasão holandesa de 1624, uma ‘igreja’ no local foi ocupada pelos invasores, sendo que o culto só foi restabelecido ali após a batalha ocorrida no ano seguinte, que libertou a cidade. Foi elevada a Igreja matriz em 1648 e continuou a passar por reformas até o século XX! Seu interior é revestido de escaiola, talha neoclássica e sua fachada tipicamente rococó.

O passeio é inesquecível no final da tarde, quando o pôr do sol é especial! Outra coisa interessante é que no pátio desta igreja rolam ensaios do bloco de carnaval ‘De Hoje a Oito’, festas ‘Bailinho’ e shows dos Skanibais, entre outros. Ao lado, na Praça, do mesmo nome, acontece a tradicional Festa de Santo Antônio, que começa com a trezena, de 1° a 13 de junho, com barracas típicas juninas de comidas e bebidas, oficialmente abrindo o período dos festejos juninos.



Serviço

Igreja de Santo Antônio Além do Carmo
Funcionamento: de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 17h, sábado, das 8h às 12h.
Endereço: Largo de Santo Antônio, 01, Sto. Antônio, Salvador
Entrada: Aberto ao público.
Importante: os dias e horários de funcionamento são de responsabilidade das paróquias e estão sujeitas a alterações.
Telefone: (71) 3242-6463

4 anexos

Compartilhar: