简体中文NederlandsEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol
Home > Destinos Incríveis > Ilha dos Frades, você não pode deixar de fazer esse passeio

Ilha dos Frades, você não pode deixar de fazer esse passeio

Publicado em: 15/09/2020
Por: Adilson Fonsêca


Você vem a Salvador ou já chegou para curtir esse verão que não tem dia para começar nem para ir embora mas quer ir num lugar exclusivo. Dizer aos amigos eu estive na única praia no Brasil a ter recebido o Selo Azul Internacional em 2017 de qualidade e balneabilidade. Pois bem, ela fica a uma hora de barco partindo do porto de Salvador, numa travessia normalmente tranquila, embalada pela brisa do mar da Baia de Todos os Santos. Estamos falando da Praia de Nossa Senhora de Guadalupe, na Ilha dos Frades, na Baía de Todos os Santos, que deverá ser o novo point do turismo em Salvador em 2018.

Com uma excepcional balneabilidade, preservação ambiental e estrutura para atender ao turismo, a praia, uma das principais da Ilha dos Frades, deverá receber mais de 10 mil turistas só até o Carnaval. Com aproximadamente oito quilômetros de extensão, a ilha é de acesso exclusivo a barcos particulares e escunas de turismo.

A praia de Ponta de Nossa Senhora de Guadalupe obteve pelo segundo ano consecutivo o selo Bandeira Azul, concedido pela Foundation for Environmental Education (FEE), pelo Júri Internacional do Instituto Ambientes em Redes.

Certificação – A bandeira sinaliza que a praia cumpriu com os critérios estabelecidos pela certificação, que são: Educação e Informação Ambiental; Qualidade da Água; Gestão Ambiental; e Segurança e Serviços.

Essa certificação também leva em conta outros critérios, como acessibilidade da praia, presença de salva-vidas, ordenamento, prestação de informações aos turistas, preservação e respeito ao meio ambiente. O selo atesta as ações de sustentabilidade que acontecem no local desde 2014, quando o processo de reconhecimento começou.

A Ilha – Próxima a Salvador, a Ilha dos Frades, juntamente com a Ilha da Maré e Itaparica, são as três maiores do conjunto existente na Baía de Todos os Santos. A ilha possui formato de uma estrela de 15 pontas, possuindo em praias em todas elas. Desde 1982 o lugar foi tombado como reserva ecológica, passando a integrar a Área de Proteção Ambiental (APA) da Baía de Todos os Santos.

Roteiro – Dentre as opções de diversão na Ilha dos Frades consta a Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, construída possivelmente no século XVII e que dá nome à principal praia do lugar. Neste início de dezembro, a atração teve a confirmação da renovação do selo Bandeira Azul, com processo conduzido pela Secretaria Cidade Sustentável e Inovação (Secis), em parceria com entidades como a Fundação Baía Viva. Concedida pela Foundation for Environmental Education (FEE), a certificação premia a qualidade das principais praias em todo o mundo, seguindo critérios como segurança, qualidade da água, gestão e educação ambiental.

O roteiro inclui ainda as praias do Loreto, da Viração, do Tobar e Tobazinho, entre outras. Além do banho, outras atividades constantes por lá são o mergulho e a vela. Para chegar até à Ilha dos Frades, o visitante tem duas opções. Uma delas é pegar uma das escunas que saem diariamente do Terminal Náutico da Bahia, no bairro do Comércio, com preços a partir de R$60 por pessoa. A outra opção é seguir até o município vizinho de Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador, onde há lanchas que fazem o trajeto regular ou fretado.

História – De acordo com historiadores, a ilha ganhou a denominação “dos Frades” por conta de religiosos que se abrigaram na localidade após escaparem de um naufrágio. Contudo, acabaram sendo devorados por índios da etnia Tupinambá que residiam por lá. A ilha também foi entreposto de escravos para o Recôncavo Baiano. Uma das áreas da região funcionou como leprosário. Uma das grandes figuras históricas da Ilha dos Frades foi o Barão de Loreto (1836-1906), personagem política da época do Império.

Compartilhar: